Caderno x Fichário – Entenda a diferença

Caderno x Fichário – Entenda a diferença

Descubra quais as vantagens e desvantagens do caderno e fichário escolar.

O sucesso e rendimento acadêmico de um estudante depende de uma série de fatores, incluindo um quesito muito importante, que não se refere diretamente às disciplinas, a organização. Por isso, em dado momento, é comum que surja a dúvida de qual material utilizar, caderno ou fichário.

Durante muito tempo o caderno de 20 matérias fazia sucesso, afinal, a possibilidade de contar com todas as disciplinas em um único local é realmente interessante, então surgiu o fichário escolar, onde além de contar com a possibilidade de dividir as matérias, a vantagem de carregar apenas as folhas necessárias para cada atividade se tornou extremamente atrativa.

Caso você também se encontre preso nesta indagação, separamos abaixo os principais benefícios de cada um dos materiais, para que você possa optar pela opção que mais lhe agrada, confira:

Benefícios do caderno

Ainda que o caderno seja uma opção mais tradicional, ele possibilita que você opte por contar com um volume maior, como, por exemplo, um de 20 matérias, e então realizar a divisão das disciplinas, ou ainda contar com um específico e menor para cada matéria.

Ainda que não seja tão versátil quanto um fichário, o caderno é uma excelente opção para os estudantes menos organizados, já que a sua estrutura já está pronta e não necessita de nenhum tipo de gerenciamento específico.

Quanto aos modelos de caderno o que não faltam são opções, seja brochura, caderno espiral, folhas pautadas, capas lisas ou estampadas, enfim, basta escolher um que mais se encaixe no seu gosto e necessidade.

Benefícios do fichário

Há quem considere o fichário mais prático do que o caderno, já que não necessita de uma organização na hora de selecionar os cadernos referentes às disciplinas do dia. No entanto, o gerenciamento ocorre de maneira posterior, onde todas as folhas devem ser depositadas nas suas respectivas divisões, se preocupando com a ordem e também requer algum cuidado para não perder as folhas.

No entanto, existem alunos que utilizam o fichário como um único material, já que os modelos com zíper ainda permitem que seja acomodado, em seu interior, volumes como livros, canetas, lápis, borracha dentre outros, mantendo tudo guardado em uma pasta.

Como escolher entre caderno ou fichário?

A escolha não deve ocorrer apenas considerando o apreço estético de cada material, e sim o perfil do estudante que irá usá-lo. Neste ponto, a questão de organização é o que mais pesa na hora de definir uma opção.

Caso um estudante seja menos organizado e tenha alguma dificuldade na hora de selecionar os cadernos de acordo com as disciplinas do dia, a melhor opção é contar com um caderno de mais matérias e não um fichário escolar.

Isso porque com o fichário as dificuldades podem ser ainda maiores, como, por exemplo, emprestar algumas folhas para um colega que faltou a aula e acabar esquecendo, então quando forem necessárias, elas não estarão onde deveriam.

Agora, caso se trate de um estudante mais organizado e com um zelo maior pelo material, o fichário pode ser uma opção, inclusive mais leve, que pode facilitar o transporte dos demais materiais.

Solução intermediária

Para quem está com dificuldades em analisar qual é a melhor escolha, é importante salientar que existe uma opção intermediária, que muitas pessoas apontam como a melhor escolha, o caderno inteligente.

O caderno inteligente tem o formato de um caderno comum, mas permite uma personalização, como ocorre no fichário. As folhas, capas e divisórias são facilmente encaixadas em uma espiral, sem a necessidade de abrir ou fechar a ferragem, diminuindo um ponto de fragilidade.

As próprias folhas, capas e divisórias possuem abertura maleável, que permite a sua fixação. Com isso, para quem ainda está indeciso, o caderno inteligente é uma excelente opção intermediária entre o fichário e o caderno escolar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.