4 dicas para aprender a desenhar

4 dicas para aprender a desenhar

Confira algumas instruções básicas que vão facilitar o seu aprendizado.

Quando somos crianças, exercitamos a nossa criatividade de diversas formas, sendo estimulados a desenhar e dar asas à imaginação, rabiscando toda superfície que for possível, desde os papéis até as paredes, para o desespero dos adultos.

No entanto, passada a infância, onde somos estimulados a aprender a desenhar, a maioria das pessoas perde o interesse e acaba voltando a sua criatividade para outros aspectos, com grande destaque para a escrita, afinal, as redações e leituras passam a ser mais importantes na vida acadêmica da criança.

Recentemente, principalmente por conta de vídeos curtos postados em redes sociais, muitas pessoas voltaram a se interessar por aprender a desenhar, misturando a escrita e ilustração, através da popularização do Lettering.

Se você utiliza as redes sociais com uma certa frequência, já deve ter se deparado com um vídeo de Lettering, que nada mais é do que a arte de desenhar letras, algo que vai além de simplesmente escrever, mas sim adicionar adornos e beleza a cada letra.

Caso tenha se interessado pela técnica, ou deseja aprender a desenhar qualquer outra técnica, aqui vão algumas dicas para facilitar esse processo:

Adquira o material necessário

É possível iniciar o aprendizado com materiais simples encontrados em praticamente todas as residências, como papel, lápis ou caneta. No entanto, investir no material necessário para aprender a desenhar atua como um estímulo mental, adicionando mais incentivo a sua nova empreitada.

Por isso, pesquise os materiais básicos para aprender a desenhar e invista no seu novo hobby. Para quem está interessado em desenhar lettering, a lista básica de materiais consiste em:

  • Lápis;
  • Papel;
  • Régua;
  • Borracha;
  • Canetinhas;
  • Marcadores;
  • Canetas;
  • Canetas aquarela.

Inicie pelo básico

Todo aprendizado, independentemente da área de interesse, é um processo gradual, onde a melhora e resultados satisfatórios só surgem após diversos exercícios e um tempo de prática, por isso, não tente começar pelas tarefas mais difíceis.

Inicie o seu processo de aprender a desenhar pelo básico, conquiste um resultado satisfatório nas ilustrações mais simples, então passe a ser mais exigente e prossiga para a próxima etapa, subindo gradualmente o seu nível de desenhista.

Pratique sempre

Se as pessoas mantivessem o seu interesse em desenhar por toda a sua vida, todos seriam ótimos desenhistas, pois é uma habilidade comum e pode ser feita por qualquer indivíduo, basta manter-se sempre estimulado.

Ou seja, é necessário muita prática para você conseguir transferir os desenhos que estão na sua mente para o papel da maneira correta. Por isso, não deixe de praticar, aprender a desenhar é mais sobre se esforçar e trabalhar do que qualquer outro aspecto.

Tenha diversas referências

Normalmente, quem inicia uma nova atividade possui um modelo, alguém ou um trabalho como referência, algo que deseja alcançar, no entanto, apenas um referencial não é o suficiente.

O próprio mestre Pablo Picasso, maior referência quando se trata de Cubismo, iniciou a sua jornada como pintor investindo em técnicas de realismo e impressionismo, para então subverter esses movimentos e dar forma a sua própria arte.

Ou seja, tenha uma grande referência, mas procure sempre por novas técnicas, tente coisas novas e desenhe algo que fuja da sua zona de conforto, com a intenção de utilizar tudo como um laboratório para desenvolver o seu método.

Agora que você já possui algumas dicas importantes para aprender a desenhar, confira a extensa gama de materiais que a Laranja Lima Presentes dispõe em seu catálogo para estimular esse processo, como canetas, pincéis, cadernos, tintas, réguas, dentre muitos outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.